Notícia

COVID-19: Anticorpos humanos recentemente identificados impedem a disseminação nas células


A infecção por SARS-CoV-2 pode ser evitada?

Um anticorpo monoclonal totalmente humano, recentemente identificado, impede que o coronavírus SARS-CoV-2 infecte as células. Esta descoberta é o primeiro passo no desenvolvimento de um anticorpo totalmente humano para tratar ou prevenir a doença respiratória COVID-19 causada por SARS-CoV-2.

O atual estudo conjunto da Universidade de Utrecht, do Centro Médico Erasmus e da Harbor BioMed descobriu que um anticorpo monoclonal humano impede a propagação do SARS-CoV-2 - pelo menos em testes de laboratório em culturas de células. Os resultados do estudo foram publicados na revista em inglês "Nature Communications".

Anticorpos neutralizam infecção em células cultivadas

O novo trabalho de pesquisa baseia-se em investigações de anticorpos contra o coronavírus SARS-CoV ocorridos em 2002/2003. "Com a ajuda dessa coleção de anticorpos SARS-CoV, conseguimos identificar um anticorpo que também neutraliza a infecção por SARS-CoV-2 em células cultivadas", relata o professor Berend-Jan Bosch da Universidade de Utrecht em um comunicado à imprensa.

O que o anticorpo pode fazer?

Esse anticorpo neutralizante tem o potencial de alterar o curso da infecção do corpo infectado, ajudar a combater o vírus ou proteger um indivíduo não infectado exposto ao vírus, acrescenta o especialista.

Anticorpos para proteção contra novos coronavírus

O anticorpo se liga a um domínio que ocorre no SARS-CoV e no SARS-CoV-2. Isso explica sua capacidade de neutralizar os dois vírus. Essa propriedade do anticorpo sugere que ele também pode ter o potencial de aliviar doenças que serão causadas por coronavírus relacionados no futuro, relatam os pesquisadores.

Os resultados são a base para novas pesquisas

"Essa descoberta forma uma base sólida para futuras pesquisas para caracterizar esse anticorpo e começar a desenvolver um possível tratamento com COVID-19", enfatiza o autor do estudo, professor Dr. Frank Grosveld, do Centro Médico Erasmus em Roterdã.

Benefícios de um anticorpo humano

Os anticorpos terapêuticos convencionais são primeiro desenvolvidos em outras espécies, exigindo etapas adicionais para humanizá-los posteriormente. O anticorpo usado neste estudo é completamente humano, o que permite que o desenvolvimento prossiga mais rapidamente e reduza o risco de efeitos colaterais relacionados ao sistema imunológico, explica a equipe de pesquisa. No entanto, ainda há muito trabalho a ser feito antes do uso generalizado, para poder avaliar claramente se esse anticorpo pode realmente aliviar o COVID-19 em humanos. (Como)

Informação do autor e fonte

Este texto corresponde às especificações da literatura médica, diretrizes médicas e estudos atuais e foi verificado por médicos.

Inchar:

  • Chunyan Wang, Wentao Li, Dubravka Drabek, Nisreen M. A. Okba, Rien van Haperen et al.: Um anticorpo monoclonal humano que bloqueia a infecção por SARS-CoV-2, em Nature Communications (publicado em 4 de maio de 2020), Nature Communications
  • Pesquisadores relatam descoberta de anticorpo que bloqueia a infecção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 nas células, Universidade de Utrecht (publicado em 4 de maio de 2020), Universidade de Utrecht



Vídeo: Coronavirus cases continue to spike in Texas and Florida (Dezembro 2021).