Notícia

Tontura: Foi resolvido um enigma sobre tontura funcional sem achados físicos

Tontura: Foi resolvido um enigma sobre tontura funcional sem achados físicos


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Transtorno da percepção como possível motivo de tontura

A tontura é frequentemente um sintoma de inúmeras doenças. As causas para isso podem ser de natureza diversa e ter origens psicológicas ou físicas. O espectro de causas de tontura varia de inofensivas a doenças graves. No entanto, alguns dos afetados têm um tipo de tontura, cuja causa não pode ser determinada. Esses pacientes muitas vezes tiveram uma odisséia médica malsucedida e são tão inteligentes depois como antes. Uma equipe de pesquisa alemã já investigou as causas da vertigem funcional.

Uma equipe da Universidade Técnica de Munique (TUM) mostrou pela primeira vez possíveis causas de tontura que não se baseiam em nenhum achado físico. Em vários testes, os cientistas mostraram que a causa de tais queixas está no processamento sensório-motor do cérebro. Os resultados foram apresentados recentemente na revista "Progress in Brain Research".

Algumas queixas funcionais são baseadas em distúrbios perceptivos

Entre os pesquisadores que lidam com queixas funcionais, foi apresentada a tese de que a vertigem funcional se deve ao processamento incorreto dos estímulos de percepção no cérebro. A equipe liderada pela professora Nadine Lehnen pôde apoiar a tese com seu trabalho atual.

Curso do estudo

Em um estudo piloto, oito pessoas com tontura funcional e onze controles saudáveis ​​foram colocadas individualmente em um quarto escuro. Então pontos de luz apareceram à esquerda e à direita da parede, para a qual os participantes tinham que olhar. O teste foi repetido com um capacete especial que mudou a inércia da cabeça. Os movimentos oculares e da cabeça dos sujeitos foram registrados e documentados.

Pacientes com tontura não conseguiram compensar a lentidão

Os participantes sem tontura funcional foram capazes de adaptar rapidamente os movimentos da cabeça às novas condições causadas pelo capacete. Os movimentos de oscilação, inicialmente causados ​​pela crescente lentidão, foram rapidamente compensados. A situação foi muito diferente para os participantes com vertigem funcional. Essas pessoas lutavam para compensar a lentidão e a cabeça tremia mais e mais. "Nossos resultados deixam impressionantemente claro que a tontura funcional se expressa como uma doença física grave, por exemplo, após uma perda completa da função dos nervos de equilíbrio", explica Nadine Lehnen, da equipe de pesquisa. Isso mostra o quão severamente essas pessoas são restritas.

Erro de previsão no cérebro

Os pesquisadores explicam os antecedentes deste experimento. O cérebro armazena modelos aprendidos com base em experiências anteriores. Graças a esses modelos, as pessoas são capazes de prever impressões sensoriais que surgem dos movimentos. O cérebro então compara essa expectativa com a informação que vem dos órgãos do equilíbrio. Se essa informação não coincidir, há uma contradição entre expectativa e realidade. Nos círculos médicos, isso é conhecido como "erro de previsão".

Pacientes com tontura não conseguem compensar erros de previsão

"Pessoas saudáveis ​​podem facilmente perceber esse erro, processá-lo e adaptar seus movimentos", explica Lehnen. No entanto, pacientes com tontura funcional parecem não conseguir processar corretamente essas impressões sensório-motoras. Como a equipe de pesquisa relata, o cérebro das pessoas afetadas pela vertigem depende principalmente dos modelos armazenados, que em certas situações não correspondem mais ao movimento real.

Nova opção de terapia aberta

Os testes também mostraram que aqueles afetados pela vertigem têm uma capacidade limitada de aprender a equilibrar esses modelos. Isso abre uma nova abordagem terapêutica que leva em consideração esses déficits de processamento recém-descobertos. A equipe agora quer expandir as descobertas em um estudo maior. (vB)

Informação do autor e fonte

Este texto corresponde aos requisitos da literatura médica, diretrizes médicas e estudos atuais e foi verificado por médicos.

Editor de pós-graduação (FH) Volker Blasek

Inchar:

  • Lehnen, Nadine / Schröder, Lena / Henningsen, Peter / u.: Controle motor da cabeça deficiente em tontura funcional: Evidência experimental de disfunção sensório-motora central em sintomas físicos persistentes, Progress in Brain Research, 2019, sciencedirect.com
  • Universidade Técnica de Munique (TUM): distúrbio de percepção pode perturbar os afetados (data de recuperação: 02.08.2019), tum.de



Vídeo: Ansiedade dá tontura? Dr Saulo Nader explica (Pode 2022).