Notícia

O ronco prejudica o trato respiratório e impede a cicatrização


Como o ronco afeta nossa saúde?

Se você é uma das pessoas que ronca enquanto dorme, não só prejudica o sono do seu parceiro, mas também sua saúde. O ronco pode representar um sério risco à saúde porque é difícil de engolir e aumenta o risco de desenvolver apneia do sono com complicações fatais.

Um estudo recente da Universidade Umeå sueca mostrou que o ronco tem um efeito negativo em nossa deglutição e promove o desenvolvimento de apneia do sono. Os resultados do estudo foram publicados na revista de língua inglesa "Respiratory Research".

Vibrações durante o ronco danificam tecidos sensíveis

As vibrações causadas pelo ronco danificam os tecidos sensíveis das vias aéreas e também evitam os danos causados ​​pela cicatrização. Tais danos podem dificultar a deglutição e aumentar o risco de desenvolver apneia do sono com complicações fatais. Para o estudo, os pesquisadores suecos examinaram os chamados músculos da úvula de 22 pessoas. Eles descobriram alterações nas proteínas do músculo, o que mostrou que eles foram danificados por vibrações durante o ronco. Lesões não devem ser entendidas no sentido de sangramento ou lacrimejamento, mas a estrutura interna do tecido e dos nervos foi danificada e o músculo se rompeu. As mesmas vibrações também impediram que os ferimentos cicatrizassem, o que poderia danificar as vias aéreas a longo prazo.

O ronco é um risco para a saúde

Além dos efeitos perturbadores para o parceiro, o ronco constante também pode representar um risco significativo à saúde, explicam os autores do estudo. Os resultados do estudo podem levar a medidas de prevenção precoce e, a longo prazo, também melhorar a cicatrização de tecidos danificados. As lesões típicas encontradas foram nas vias aéreas superiores, incluindo pescoço, nariz e boca. Os pesquisadores descobriram uma ligação entre esse tipo de dano e a dificuldade em engolir ou apneia do sono. A apneia do sono faz com que as pessoas parem de respirar quando dormem e, se a doença não for tratada ou controlada, pode aumentar o risco de aumento da pressão arterial ou de batimentos cardíacos irregulares, podendo até causar um derrame ou ataque cardíaco.

O ronco impediu a autocura

Durante a investigação, a equipe encontrou substâncias produzidas pela regeneração das células nervosas, sugerindo que o corpo estava tentando se curar. As vibrações causadas pelo ronco impediram que as substâncias iniciassem com sucesso a cura. Essas novas descobertas fornecem uma imagem mais clara dos efeitos dos ruídos na nossa saúde. (Como)

Informação do autor e fonte



Vídeo: Como funciona o aparelho para ronco e apneia. Dentista Lia Alves (Dezembro 2021).