Notícia

Já 15 minutos de atividade e exercício ajudam contra a depressão


Como podemos nos proteger da depressão?

Os médicos encontraram agora evidências concretas de que mesmo um pouco de exercício por dia reduz os sintomas de depressão e aumenta o humor geral.

Os cientistas do Hospital Geral de Massachusetts (MGH) descobriram em sua investigação atual que o exercício e a atividade física ajudam contra a depressão. Os especialistas publicaram os resultados de seu estudo na revista de língua inglesa "JAMA Psychiatry".

O esporte faz você feliz

Vários estudos já encontraram uma conexão entre o treinamento físico e a redução do risco de depressão. O exercício libera endorfinas e endorfinas fazem você feliz. Até agora, no entanto, não houve evidências de uma relação causal na depressão. Não ficou claro se a atividade física realmente afetou a condição ou se as pessoas com depressão estavam simplesmente fazendo menos exercício. Os pesquisadores descobriram que o treinamento físico é benéfico para as pessoas com depressão e não encontraram evidências de que a depressão afete a capacidade de exercício.

Mais e mais pessoas sofrem de depressão

Os resultados podem ajudar médicos, profissionais médicos e cientistas a desenvolver estratégias de prevenção para o crescente número de pessoas que combatem os sintomas da depressão. O aumento da atividade parece proteger contra o desenvolvimento da depressão, explica o autor do estudo, Dr. Carmel Choi, do Hospital Geral de Massachusetts. Toda atividade física parece ser melhor que nenhuma, dizem os especialistas. Os cálculos sugerem que substituir a sessão por 15 minutos de mais atividade física, como corrida ou uma hora de atividade moderadamente vigorosa, é suficiente para reduzir o risco de depressão.

Que influência nossos genes têm?

Tanto a depressão quanto a atividade física podem ser influenciadas por nossos genes, razão pela qual os cientistas se concentraram nos genes em seu estudo. Algumas pessoas são naturalmente mais esportivas, outras são mais propensas à depressão, explicam os médicos. Esse fator pode ser estabilizado por dados genômicos. Dessa maneira, pode-se determinar se as pessoas com depressão são simplesmente menos ativas ou se esse não é o caso.

Que resultados foram alcançados?

Dois conjuntos de dados de resultados foram encontrados para a atividade física no estudo: 377.000 pessoas indicaram sua própria atividade física.Além disso, 91.000 pessoas usavam os chamados rastreadores de fitness para monitorar seus movimentos. Esses dados foram comparados com testes genéticos. A avaliação mostrou: Não houve conexão entre a atividade autorreferida e as menores taxas de depressão. A avaliação dos dados dos rastreadores de fitness, por outro lado, mostrou que aqueles que se exercitavam regularmente apresentavam menos sintomas de depressão. Como essa diferença pode ser explicada? As memórias da atividade autorreferida nem sempre são precisas. Além disso, muitos movimentos na vida cotidiana, como subir escadas ou o caminho para o metrô, não são considerados uma atividade esportiva pelos afetados. Um rastreador de fitness também leva essas atividades em consideração.

Como as pessoas podem ser motivadas a praticar mais esportes?

Uma coisa é saber que a atividade física pode ser benéfica na prevenção da depressão. Outra coisa é fazer com que as pessoas sejam fisicamente ativas, explica Choi. É necessário fazer mais para descobrir a melhor forma de recomendar as recomendações para o aumento da atividade para diferentes tipos de pessoas com diferentes perfis de risco. Atualmente, os cientistas estão examinando se e até que ponto a atividade física pode beneficiar diferentes grupos de risco, por exemplo, pessoas geneticamente suscetíveis à depressão ou pessoas que sofrem e esperam situações estressantes. Esperamos desenvolver uma melhor compreensão da atividade física para promover resiliência à depressão, acrescenta o autor do estudo. (Como)

Informação do autor e fonte



Vídeo: ATIVIDADE FÍSICA E ANSIEDADE - Entrevista com Personal Trainer Eduardo Rocha (Dezembro 2021).