Notícia

Quanto mais escuro, mais saudável - o café com um longo tempo de torrefação oferece proteção ao cérebro contra doenças

Quanto mais escuro, mais saudável - o café com um longo tempo de torrefação oferece proteção ao cérebro contra doenças


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Café - um aliado natural da saúde do cérebro

O café é uma das bebidas favoritas dos alemães. Desperta energias, motiva e estimula. O que antes era desconhecido: o café protege nosso cérebro contra doenças demenciais como Alzheimer e Parkinson. Uma equipe de pesquisa canadense relata em um estudo recente que quanto mais forte o grau de torrefação do feijão, mais eficaz é a função de proteção.

Ao contrário das premissas anteriores, mais e mais benefícios à saúde de tomar café estão surgindo. Pesquisadores do Canadian Krembil Research Institute, em Toronto, descobriram recentemente que o consumo de café diminui a probabilidade de desenvolver demências como Alzheimer ou Parkinson. Os compostos que aparecem durante o processo de torrefação dos grãos de café parecem ser responsáveis ​​pelo efeito protetor. Os resultados do estudo foram publicados recentemente na revista especializada "Frontiers in Neuroscience".

Café - melhor que sua reputação

O café é saudável ou prejudicial à saúde? Numerosos estudos têm tratado dessa questão nos últimos anos. No passado, o café era considerado prejudicial à saúde porque se dizia ter um efeito desidratante que foi refutado desde então. De fato, o café é mais saudável do que a maioria das pessoas pensa. Tem um efeito calmante e estimulante e visa prevenir o diabetes tipo II e doenças cardíacas. A pesquisa mais recente também sugere que o café pode proteger nosso cérebro contra doenças neurodegenerativas. No entanto, o alto consumo de café também pode contribuir para a acidificação e, assim, promover problemas de estômago e refluxo.

Assar traz o efeito protetor

Uma equipe canadense de cientistas provou que beber certos tipos de café pode ser benéfico para a saúde do cérebro. Mas como a bebida quente popular suporta a função cognitiva? Os pesquisadores descobriram a base dos mecanismos de proteção não na cafeína, mas em compostos que são liberados quando os grãos de café são torrados.

O mesmo efeito para o café descafeinado

Examinou-se um café fortemente torrado contendo cafeína, bem como um café descafeinado pesado e descafeinado e café torrado levemente. A equipe descobriu que as variedades fortemente torradas, independentemente da cafeína, têm um efeito protetor maior. Em testes posteriores, vários compostos, os chamados fenilindanos, emergiram como responsáveis ​​pelo efeito positivo. Esses compostos se formam durante o processo de torrefação e conferem ao café seu sabor amargo típico.

Como os compostos torrados protegem nossos cérebros?

Segundo os pesquisadores, os compostos torrados no café garantem que proteínas menos tóxicas possam se combinar no cérebro. Essas proteínas chamadas tau e beta-amilóide são depositadas como placa no cérebro e acredita-se que desencadeiam doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e Parkinson.

O longo processo de torrefação é crucial

Como a equipe de pesquisa enfatiza, um longo tempo de torrefação é responsável pela formação dos compostos de torrefação de proteção. Não importa se o café foi descafeinado ou não. O efeito protetor mais forte no cérebro vem das variedades torradas no escuro.

Mãe Natureza é o melhor químico

A equipe canadense está entusiasmada com a descoberta, especialmente porque o efeito protetor é baseado em um processo completamente natural. Isso não requer síntese em laboratório e torna o ingrediente ativo fácil de fabricar e amplamente acessível. "A mãe natureza é um químico muito melhor do que nós", explica o Dr. Ross Mancini, um dos principais cientistas do estudo, divulgou um comunicado de imprensa sobre os resultados do estudo.

O café é uma cura para a demência agora?

"Este estudo foi projetado para mostrar que existem de fato componentes no café que são úteis para evitar o declínio cognitivo", conclui Mancini. Esses processos são muito interessantes, mas o especialista alerta que é muito cedo para declarar o café como medicamento. (vB)

Informação do autor e fonte


Vídeo: Helicobacter pylori - Tratamento com Plantas Medicinais (Pode 2022).