Notícia

Como destruímos nossos corações todos os dias

Como destruímos nossos corações todos os dias


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O trabalho moderno danifica o coração - você pode fazer isso

Cerca de metade da força de trabalho na Alemanha passa o dia a dia sentado. A atividade física persistente é a exceção e não a regra para muitas mulheres e homens que trabalham. Quais são as consequências disso no nosso sistema cardiovascular? Sério - dizem cardiologistas da German Heart Foundation. Por ocasião do Dia Mundial do Coração, os especialistas dão dicas sobre como aliviar seu coração no trabalho diário.

Os especialistas em coração da Fundação Alemã do Coração observam com grande preocupação que cerca de 50% das pessoas que trabalham afirmam estar sentadas ou em pé no trabalho e, assim, passam a maior parte do dia sem atividade física. "Isso aumenta o risco de doenças de risco, como obesidade, pressão alta e diabetes", explica o cardiologista Professor Dr. med. Thomas Voigtländer, vice-presidente do conselho da German Heart Foundation em um comunicado à imprensa no Dia Mundial do Coração.

Estar e sentar constantemente promovem doenças cardíacas

Como o cardiologista relata, obesidade, obesidade, pressão alta e diabetes aumentam o risco de ataque cardíaco e outras doenças cardíacas. "Portanto, queremos ajudar os funcionários na Alemanha, que ficam horas a fio no trabalho, a obter mais exercícios e um estilo de vida saudável em seu trabalho diário com pouco esforço", diz Voigtländer.

Todo mundo é um ferreiro do seu coração

"Temos nosso próprio risco de ataque cardíaco e derrame nas mãos", enfatiza o especialista do coração. A German Heart Foundation afirma que cerca de 80% das mortes por doenças cardíacas que ocorrem entre as idades de 30 e 70 podem ser evitadas se você controlar os fatores de risco e manter um estilo de vida saudável.

Três vezes 30 minutos

De acordo com as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), é melhor que todos façam 30 minutos de atividade orientada para a resistência, cinco vezes por semana. "Mas com atividade física intensiva três vezes por semana por 30 minutos, muito já foi alcançado", relata Voigtländer. O movimento também tem muitos efeitos colaterais positivos. Por exemplo, a atividade física ajuda a reduzir o estresse e faz as pessoas lidarem mais com uma alimentação saudável.

Nem todos os fatores podem ser controlados por conta própria

No entanto, os especialistas em coração da German Heart Foundation também alertam que nem todos os fatores podem ser controlados. "Fatores que não podem ser influenciados são a nossa idade, sexo e origem genética", escrevem os especialistas. Qualquer pessoa com mais de 35 anos de idade deve fazer um check-up preventivo periodicamente para identificar fatores de risco precoces, como pressão alta, distúrbios lipídicos, diabetes e obesidade.

Calcificação de frenagem das artérias

Como relatam os cardiologistas da German Heart Foundation, o movimento também pode retardar a progressão da arteriosclerose (endurecimento das artérias). "Mesmo a arteriosclerose existente pode ser combatida com um estilo de vida alterado, especialmente com movimentos orientados para a resistência", aconselha Voigtländer. Os depósitos que se formam durante a calcificação vascular são amplamente responsáveis ​​por processos inflamatórios crônicos e distúrbios circulatórios permanentes, que podem resultar em ataque cardíaco ou derrame.

Dicas de especialistas para um trabalho saudável

A German Heart Foundation publicou recentemente um pacote de campanha gratuito sobre o tema "trabalhar com entusiasmo". O especialista em coração Professor Dr. Martin Halle, diretor médico do Centro de Prevenção e Medicina Esportiva da Universidade Técnica de Munique, sete dicas para a saúde do coração na vida cotidiana:

  1. Não se apresse: Dez minutos de treinamento de resistência por dia têm enormes efeitos na saúde.
  2. Cada passo conta: Os movimentos da vida cotidiana ajudam a manter o coração saudável. Faça caminhadas durante o intervalo para o almoço, faça suas compras a pé ou saia de uma estação mais cedo no caminho de casa.
  3. Evite elevadores: Subir escadas regularmente mostra sucesso no treinamento rápido e é uma boa maneira de trazer mais movimento para a vida cotidiana.
  4. Nunca é tarde para começar a treinar: Se você já sofre de uma doença cardíaca, converse com um médico sobre opções de exercícios adequadas.
  5. A melhor coisa é se divertir: Regularidade é particularmente importante. Isso requer principalmente autodisciplina. Apreciar o movimento facilita a implementação permanente.
  6. Progresso lentamente: Primeiro, a regularidade deve ser respeitada, a duração do treinamento pode ser estendida e, por último, a intensidade do treinamento pode ser aumentada.
  7. Integrar pequenos rituais na vida cotidiana: Você também deve se levantar e dar uma volta enquanto estiver no trabalho. Além disso, pequenos exercícios de força e coordenação podem ser integrados à vida cotidiana, por exemplo, dez agachamentos antes de escovar os dentes.

(vB)

Informação do autor e fonte


Vídeo: O Planeta Terra é Você (Pode 2022).