Notícia

O ingrediente afiado no gengibre trabalhou contra o mau hálito forte


Estudo: Gengibre ajuda a combater o mau hálito

A substância quente 6-gingerol contida no gengibre estimula uma enzima saliva que decompõe substâncias fétidas. Garante um hálito fresco e um sabor melhor. Cientistas da Universidade Técnica de Munique (TUM) e do Instituto Leibniz de Biologia de Sistemas Alimentares descobriram isso em um estudo recente.

Os especialistas explicam que muitos ingredientes alimentares contribuem diretamente para o sabor típico de alimentos e bebidas por meio de seu próprio sabor, fragrância ou tempero. Além disso, outros mecanismos bioquímicos também são iniciados. Por exemplo, o 6-gingerol no gengibre desencadeia uma conversão da enzima sulfidril oxidase 1, que por sua vez é considerada desencadeadora do mau hálito.

Para descobrir mais sobre ingredientes alimentares, uma equipe da Universidade Técnica de Munique (TUM) e do Instituto Leibniz de Biologia de Sistemas Alimentares examinou seus efeitos nas moléculas dissolvidas na saliva.

Muitos ingredientes alimentares contribuem diretamente para o sabor típico de alimentos e bebidas através de seu próprio sabor, fragrância ou nitidez. Mas eles também influenciam indiretamente nossa sensação de paladar através de outros mecanismos bioquímicos ainda desconhecidos.

6-Gingerol fornece hálito fresco

Como mostram os resultados desta investigação, o 6-gingerol de sabor acentuado contido no gengibre faz com que o nível da enzima sulfidril oxidase 1 na saliva aumente 16 vezes em poucos segundos. Análises da saliva e da respiração do ar mostraram que a enzima decompõe compostos contendo enxofre com odor desagradável. Dessa forma, é capaz de reduzir o sabor prolongado de muitos alimentos, como o café.

O ácido cítrico reduz nossa sensação de sal

O ácido cítrico, por outro lado, afeta nossa percepção do paladar através de um mecanismo completamente diferente, de acordo com o estudo. Como todos sabem por experiência própria, alimentos ácidos, como suco de limão, estimulam o fluxo de saliva. A quantidade de minerais dissolvidos na saliva também aumenta proporcionalmente à quantidade de saliva.

Após a estimulação com ácido cítrico, o nível de íons sódio aumenta rapidamente cerca de onze vezes. Esse efeito nos torna menos sensíveis ao sal de mesa. Você pode encontrar mais sobre o estudo aqui. (PM)

Informação do autor e fonte



Vídeo: GENGIBRE. Depois desse vídeo você nunca mais irá deixar de consumir. (Janeiro 2022).